Lifestyle

Movimento Slow - viver de forma equilibrada, respeitar o seu ritmo

23.5.16


O Movimento Slow nasce da necessidade de abrandar o ritmo frenético que a maioria das pessoas enfrenta nas grande cidades, no seu dia-a-dia.

O Movimento Slow é um Movimento Internacional, que teve a sua génese no Movimento Slow Food, em 1986, em Itália, e que contrariava os valores e a cultura associadas ao fast food massificado e impessoal e que depois se especificou também no conceito e selo de qualidade 'slow cities' cidades pequenas e com qualidade de vida. 


Há diversos exemplos de pessoas que deixaram os seus trabalhos nas grandes cidades e que mudaram de vida, migrando para uma zona rural, em busca de algo que lhes faz falta na correria diária - tempo.

Mas, na verdade, não é indispensável uma mudança de vida radical para vivenciar este conceito, basta apenas que se alterem alguns hábitos e que esteja disposto a dizer não.


Viver de forma acelerada é, para algumas pessoas, uma escolha de vida sem a qual não sabem caminhar. Contudo, a associação Slow Movement previne que, a longo prazo, a saúde física e mental começa a ressentir-se de tal forma que o caminho inverso será mais difícil de percorrer.

A este mal estão associados problemas como o excesso de trabalho, filas de trânsito, grandes deslocações diárias, falta de tempo para os relacionamentos juntamente com a degradação dos mesmos, o cumprimento de prazos apertados, as obrigações familiares, entre muitos outros.


O que pode fazer para manter a vida actual e aderir ao Movimento Slow:

- Optar por transportes públicos nas deslocações, onde pode ler e ouvir música sem o stress do trânsito
- Sair a horas do trabalho, aproveitado cada minuto de forma assertiva
- Dizer não a alguns projectos extra para os quais não lhe sobra tempo
- Dividir as tarefas domésticas com a família
- Planear e organizar a vida pessoal e profissional atempadamente
- Fazer diariamente actividades que lhe dão prazer
- Aproveitar o jantar para conversar com família desligando a televisão
- Fazer desporto e actividades ao ar livre
- Dormir as horas necessárias para que acorde sem se sentir cansado

Relembra-se que cada caso é um caso e que cada pessoas deve tentar fazer pequenas mudanças naquilo que para si é mais relevante. O mais importante passa sempre pela premissa de viver de forma equilibrada, respeitando o seu ritmo.

______________________________________________________
Acompanhe outras novidades do blog nas redes sociais

Outros temas que vais gostar

1 comentários

  1. Se eu pudesse tinha uma vida no campo, uma casa auto-sustentável!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!